Coq au Vin



Avaliações

0
0
0
0
0

Informações do Chef

Reginaldo da cunha gonçalves
13/02/2018 - 19:15:09
Ex Morador de rua que tinha o grande sonho de ser cozinheiro. Com muito esforço e dedicação conseguiu dar a volta por sima e hoje e formado em Gastronomia. Participou em 2015 do Lata Velha do Caldeirão do Huck Rede Globo, Onde teve sua moto Refor

Mais detalhes do usuário Voltar

INGREDIENTES

50 ml de azeite
Coxa e sobrecoxa de frango marinados
1 colher (sopa) de manteiga
1 colher (sopa) de farinha de trigo
150 g de cebolinhas pequenas
150 g de champignon (paris) em conserva
Sal e pimenta-do-reino a gosto
Para a marinada:
1 cebola picada
2 cenouras picadas
1 bouquet garni feito com tomilho, louro e 3 dentes de alho
1 garrafa de vinho tinto (de boa qualidade)
Sal e pimenta-do-reino a gosto
1 kg coxa e sobrecoxa de frango

MODO DE PREPARAR

Retire as coxas e sobrecoxas de frango do saco plástico. Coe e reserve o caldo da marinada. Numa panela, aqueça 50 ml de azeite e doure as coxas e sobrecoxas de frango.
Junte nesta panela, o caldo reservado da marinada e cozinhe, em fogo médio, por cerca de 40 min ou até as coxas e sobrecoxas de frango ficarem macias.
Numa frigideira em fogo baixo, derreta 1 colher (sopa) de manteiga e incorpore 1 colher (sopa) de farinha de trigo. Mexa bem e acrescente ao cozimento das coxas e sobrecoxas do frango.
Junte 150 g de cebolinhas pequenas e 150 g de champignon (paris) em conserva.
Tempere com sal e pimenta-do-reino a gosto.
Para a marinada:
Coloque num saco plástico 1 cebola picada, 2 cenouras picadas, 1 bouquet garni feito com tomilho, louro e 3 dentes de alho, 1 garrafa de vinho tinto (de boa qualidade), sal e pimenta-do-reino a gosto.
Acrescente 1 kg coxa e sobrecoxa de frango nesta marinada, feche o saco plástico e deixe apurar por 24 h.
Sugestão de acompanhamento: fettuccine na manteiga e fatias de bacon fritas.
A história do prato:
Este clássico da cozinha francesa surgiu nas imediações da cidade de Clermont-Ferrand (Puy-de-Dôme).
A lenda conta que, durante a batalha entre os homens do líder dos celtas Vercingertórix e o exército romano de Júlio César, ocorrida de 58 a 51 a.C. O herói francês acabou sendo acuado no desfiladeiro de Puy-de-Dôme.
Para simbolizar a rendição, Vercingertórix deu um galo de briga a César, o que resultou num convite para jantarem juntos. O cardápio foi Galo cozido no vinho produzido em Auvergne.
Tradicionalmente, o prato era preparado com galos reprodutores, abatidos velhos e, por isto, com a carne dura, o vinho era colocado para amaciar esta carne.
Atualmente, o coq au vin é, em geral, elaborado com frango ou galinha (de preferência caipira) e vinho da Borgonha.

TEMPO DE PREPARO

30 minutos

RENDIMENTO

2 pessoas

COMENTÁRIOS

Você deve estar logado para deixar seu comentário.

Total de Comentários:0